segunda-feira, 5 de março de 2012

Sobre os diversos pontos de vista acerca de Patrícia Braille

Quando eu digo que trabalho viajando, minha mãe me vê assim:

[Mulher caminhando solitária em uma estrada, levando sua mala]

Como meu pai me vê:

[Irina Bokova, presidente da Unesco]

O que os invejosos especulam e insinuam que faço:

[Dançarina de boate vestindo roupas íntimas]

Como minha avó acha que é:

[Cena do filme O Fabuloso Destino de Amélie Poulain, onde ela aparece chorando, deitada na cama]

Como minhas irmãs me enxergam:

[Mulher sorrindo, com os braços erguidos, recebendo uma chuva de dinheiro]

Como realmente é durante o dia:

[Eu sentada, ministrando uma palestra]

[Eu, de pé, ministrando um curso]

Como realmente é durante a noite:

[Eu deitada na cama, com o celular sobre o tórax, tentando configurar a webcam. Imagem capturada pela câmera do Skype]

[Foto de meu rosto, estou deitada na cama do hotel, de olhos fechados, com meu netbook ligado ao lado]




2 comentários:

  1. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK, prefiro continuar te vendo recebendo chuva de dólares, rsrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir

Comente! É de graça! =]